BLOG

Por: Emanuel Faria

Casas Modernas

Conceito inovador adaptado ao gosto e preferência de cada um de nós, design rectilíneo mas ao mesmo tempo mais "clean" e moderno.

A casa é cada vez mais bem organizada, mais funcional, mais prática, mais fácil de limpar, mais agradável à vista e; no fundo mais fácil de manter.

Ficamos mais libertos para desfrutar mais da vida.

Psicologia da Cor e Cor

O porquê da influência da cor na nossa mente e a diferença pela qual todos somos diferentes.

 

Mesmo na forma como a própria cor influencía a nossa mente, as nossas decisões e por vezes o nosso estado de espirito.

Cada cor gera um sentimento e um ambiente.  Os tons frios transmitem uma sensação de tranquilidade e bem-estar e dão mais profundidade e dimensão às divisões.

 

Os tons quentes aproximam os espaços e criam ambientes mais intimistas e aconchegantes.

Feng Shui

É uma arte de decoração chinesa que consiste no posicionamento do espaço em si, e dos objetos, combinando as cores.

Os móveis, e objetos segundo um determinado padrão onde as energias fluem no interior e exterior do espaço influenciando a harmonia, a paz e a saúde física e mental.

 

Os seus elementos principais são a água, o fogo, a terra, os metais e as madeiras.

Domótica

A domótica, ou casa inteligente, já faz parte de algumas das nossas casas.

 

Será  a médio prazo o futuro, acrescentando uma qualidade de vida acrescida.

Name, Title

A casa

"A casa é o nosso espaço, é a nossa continuação,

 

é o espírito de quem a ocupa, 

é uma forma de ser e de estar,

é onde por vezes revelamos a nossa personalidade,

a combinação de estilos, os pequenos detalhes….

 

todos eles em harmonia."

e não só...

As sugestões...

iStock-639775096 (para home) (ideias).jp

As Escolhas...

As conclusões...

Cozinha

co·zi·nha
(latim coquina, -ae ou cocina, -ae)

Normalmente equipada com placa, exaustor, forno, micro-ondas, lava-louça, misturadora e frigorífico assim como  o esquentador, caldeira a gás ou cilindro elétrico.


Hoje em dia têm também máquina de lavar louça, máquina de lavar e ou secar roupa, combinado e dispensa, sendo esta integrada ou adjacente.

Além destes equipamentos podem-se incorporar triturador de resíduos, doseador para o detergente, máquina café, cave de vinhos, gaveta de aquecimento para pratos, entre outros acessórios.

Pode ser apenas apenas uma kitchenette como pode ser uma "senhora" cozinha com tudo a que que ela tem direito; dependendo do espaço e do orçamento disponível.

Normalmente os interiores são de cor cinza em material hidrófugo, as portas e frentes de gaveta podem ser em

lacado, em laminado ou termolaminado, com ou sem

puxadores salientes.

Os tampos das bancadas normalmente são em pedra natural, ou em compósito, (pedra artificial);  podem também ser em madeira ou em termolaminado, podem-se gravar frisos na pedra para fazer de escorredor da louça, assim como gravar o lava louça na pedra e fazer também o lava louça de forma a parecer uma peça única.

O rodatampo que fica por cima da bancada pode ser em pedra, compósito, azulejo, em vidro lacado, entre outros.

A cozinha é parte das vezes um lugar social onde a família se reúne e que antigamente tinha uma lareira. 

Roupeiros

Essenciais na casa e cada vez mais nos dias de hoje, podem ser utilizados por uma ou mais pessoas o que implica soluções diferentes de arrumação.

Qual o tipo de roupa; penduradas, dobradas, roupa da casa, acessórios, calçado, malas, carteiras, cofre, etc..

O seu interior normalmente é constituído por varões com ou sem luz, prateleiras e gavetas estas para arrumar as roupas mais pequenas e acessórios.

O seu exterior normalmente é constituído por portas de batente ou portas de correr.

Temos também os closets ou os walk-in closets com ou sem portas, mais usuais nas suites.

Hoje em dia normalmente os seus interiores são em laminado em imitação de linho. 

As portas podem ser em lacado, laminado ou termolaminado, com ou sem puxadores salientes.

Quarto de banho

Compartimento, em espaço público ou privado, dotado de equipamento próprio (sanita, bidé, lavatório, banheira, base de duche, torneiras, toalheiros, espelho, etc.) para a satisfação das necessidades fisiológicas e os cuidados de higiene dos seus utilizadores.

Antigamente era normal ficar fora da casa, daí o nome casa de banho. Atualmente é uma divisão da casa, daí o termo quarto de banho.

 

Três itens essências: arrumação, ventilação e uma boa iluminação.

As bases de duche podem ser feitas no chão, as mais usuais são as salientes em acrílico em resina ou materiais compósitos; o isolamento de toda a zona de duche é primordial evitando assim eventuais infiltrações.

 

Os revestimentos, resguardos de duche, alguns pormenores e os materiais aplicados são decisivos para o seu visual, funcionalidade e conforto.

Iluminação

A iluminação é uma verdadeira criadora de ambientes.

Um bom projeto de iluminação prevê antes de mais a eficiência energética e o conforto visual; definindo também os espaços em si e valorizando os ambientes e a decoração; é importante que o mesmo seja premeditado.

A iluminação pode ser, difusa, direta, indireta, decorativa, de destaque etc.

Existem diferentes tonalidades de luz que devem ser adaptados aos espaços,  aos ambientes em si e ao gosto de cada um.

Os tons mais amarelos, "warm white", 2700K, proporcionam um ambiente mais quente, intimista e transmitem mais conforto visual, normalmente colocados em projetores embutidos nos tetos falsos e nos candeeiros, são normalmente para as seguintes divisões: hall de entrada, corredores, salas, quartos, escritório e jardins interiores.

Nessas mesmas divisões também se podem usar e ou em complemento outras cores de luz, a mais usual a "day light", 4000K; esta um pouco mais branca sem ser totalmente branca, adequada também para a luz indireta, colocada em sancas nos tetos falsos que por vezes são também para as cortinas.

São também aconselhadas para colocar atrás de painéis, em rodapés, degraus de escadas, em nichos, na cozinha, lavandaria, garagem, jardim e muros exteriores.

A luz mais branca, "cool ligth", 6500K, é mais usual e indicada para o comércio em geral, supermercados, indústria e iluminação de rua.

Para criar diferentes cenários de iluminação pode-se usar um dimmer que vai proporcionar diferentes intensidades de luz, assim como as lâmpadas ou fitas de led RGB, tendo assim uma panóplia de cores à nossa escolha.

Gesso Cartonado 

Isolamentos e Capoto

O gesso cartonado está casa vez mais presente na construção em Portugal e faz “milagres” na remodelação e reabilitação de interiores.

Mais usual para os tetos falsos, mas também para revestimento de paredes existentes, divisórias, prateleiras, isolamentos acústicos e térmicos, corta fogo e raio X.

É um material leve que é relativamente rápido e fácil de aplicar; adaptável a vários tipos de estruturas, permitindo que no interior das suas paredes e tetos se faça em parte a instalação de diversas tubagens e cablagens sem a necessidade de abrir roços, reduzindo tempo e custos.

De diferentes tamanhos e espessuras existem assim diferentes tipos de placas: standard, hidrófugas, resistentes ao fogo, para zonas exteriores, de alta dureza, flexíveis, perfuradas acústicas e decorativas, as compostas, c/ lã mineral de rocha ou EPS (placas de esferovite) e as multiusos que simultaneamente são standard, hidrófugas, corta fogo e de alta dureza.

Simultaneamente podem-se incluir consoante o efeito pretendido no interior das suas estruturas lã mineral de rocha, cortiça, placas de EPS ou roofmate.

Os ambientes interiores ficam assim mais confortáveis tanto ao nível do isolamento térmico como acústico, reduzindo a fatura energética.

Para o exterior temos também os isolamento térmicos cada vez mais aplicados nos dias de hoje, o capoto; que também serve para a renovação de fachadas.

Caixilharia | Vidros

As janelas e portas de hoje têm um melhor comportamento térmico e acústico; são mais seguras e em conjunto com os diversos tipos de vidros existentes permitem poupar recursos energéticos.

Garantem um melhor isolamento dos espaços, mas ao serem mais herméticas é importante garantir uma boa ventilação, regulando assim a humidade no interior dos espaços e evitando a formação de bolores.

Por exemplo numa casa onde vivem 3 pessoas, produz-se em média 7 a 8 litros de vapor de água.

Importante também é o vidro ser duplo, este composto por dois ou mais vidros separados entre si por uma camara de ar ou com um gás que lhe atribui melhores prestações, simples, laminados e ou temperados.

O gás normal é o atmosférico composto por oxigénio e azoto, podemos usar ainda o argon, o kripton e o xenon que melhoram as prestações.

Os mais conhecidos são os “planitherm” e os “sun guardian” que com as suas características filtram mais o calor do sol no verão e bloqueiam a saída do aquecimento no inverno.

 

Há também os vidros triplos que têm uma acústica superior para espaços juntos a um aeroporto por exemplo; assim como o vidro laminado “silence”.

A caixilharia pode ser em alumínio, pvc ou madeira ou combinada entre si, para mim os que têm melhor acústica entre outras características são os de pcv, pois os seus aros vêm de fábrica inteiros ou seja sem cortes.

As janelas podem ser de correr, de abrir, fixas, basculantes, de guilhotina, osciloparalela, maxiar, pivotantes e com oscilobatente no caso das de abrir.

A sua manutenção é muito importante para o seu bom funcionamento.

Não vale a pena ter as melhores janelas e portas se as pedras onde as mesmas são assentes estiverem em contacto direto com o exterior.

Pavimentos e Revestimentos

Os revestimentos e pavimentos são um fator chave no ambiente e na decoração da casa pois vão ficar durante muito tempo.

É conveniente que sejam materiais, texturas e cores que não interfiram de forma muito acentuada com o restante, podendo assim mais tarde fazer pequenas alterações.

Fazem parte desse leque as madeiras naturais, as pedras naturais e compósitas, os cerâmicos e porcelânicos que hoje em dia têm uma imensa diversidade, o microcimento, a resina epoxy, o betão marcado, os pvcs, os metais, os vidros, a cortiça, as alcatifas, os papéis de parede, entre outros.

Os painéis em aglomerado, em osb, em mdf, em contraplacado marítimo e em valchromat, com diversas possibilidades de acabamento; cru, vernizes, velaturas e lacas; estas devem ser aplicadas em painéis de mdf hidrófugo.

A maior parte dos painéis têm revestimentos em folha natural, em laminado e termolaminado, assim como os pavimentos flutuantes que nos dias de hoje têm a opção de ser em vinil podendo ter ou não na sua composição compósito de pedra que lhe confere mais resistência e durabilidade.

Papel de parede

Os papéis de parede, assim como, as cortinas "rematam" e complementam a decoração.

Personalizam e modificam os ambientes.

 

Devem ser aplicados por um profissional, pois parecendo fácil, a sua aplicação tem a sua "ciência". Desde o nº do lote, ao tipo de papel em si, o tipo de cola, se tem ou não acerto no desenho, etc.

 

​Dependendo do grau de humidade, os papéis de parede depois de aplicados podem ter uma percepção nas juntas, principalmente durante o tempo mais quente.

 

Em média os papéis de parede têm uma duração de até 20 anos.

 

As colecções normalmente são sazonais variam entre os 2 e os 5 anos.

 

Deve ser limpo com uma esponja muito suave e humedecida.

iStock-660344128.jpg

Imagens

Hoje em dia é cada vez mais usual introduzirmos imagens na decoração, criando assim ambientes diferenciadores.

 

Normalmente impressas em tela ou em papel de parede.

 

Podemos assim dar assim "largas" à criatividade.

 

Esta imagem por exemplo é uma das mais belas e icónicas da cidade de Leiria.

Cortinas

As cortinas "vestem" a casa, transmitem conforto e dão privacidade.

Podem ser colocadas em varões ou calhas, entre outros sistemas e modelos, as mais usuais são as de franzir e as de onda, podem ser ou não motorizadas, normalmente o seu accionamento é através de um cordão numa das suas laterais.


Todos os tecidos podem ter um encolhimento, em média, de +/-5%.

 

Variações de condições atmosféricas como a temperatura e humidade consoante as estações do ano podem afetar os materiais confecionados, como as cortinas depois de colocadas em altura. Particularmente fios de celulose, viscose, rayon ou fibras naturais.


Por exemplo as cortinas de veludo no verão estão a cerca de 1,5 cm do chão e no inverno tocam no chão.

Colchão

O colchão é um elemento essencial e fundamental para um bom descanso, em

média passamos nele um terço da nossa vida! São muitos anos...

Os mais usuais são de molas normais, as "bonel" interligadas entre si e; os de  molas ensacadas que são independentes entre si sendo mais confortáveis.

Hoje em dia têm também na sua constituição espumas de diferentes densidades, visco elástica e latex.

Existem também os colchões sem molas constituídos essencialmente por espumas de diferentes densidades, visco elástica e latex, e que; podem combinar entre si, dependendo do grau de conforto pretendido.

Deverá ser virado pelo menos uma vez por mês evitando assim eventuais deformações, aconselha-se também um bom arejamento do quarto, se possível diariamente.

É aconselhável que seja mudado de 10 em 10 anos pois ao longo do tempo vai perdendo as suas características.

Alguns conselhos úteis

Os acabamentos do mobiliário hoje em dia são essencialmente velaturas, lacados e laminados que apenas se devem limpar com um pano ligeiramente humedecido c/ água tépida e ou com um produto de limpeza próprio, outros produtos poderão manchar ou engordurar os móveis.

 

Não colocar nada muito quente sem uma boa protecção sobre móveis e bancadas pois poderá criar uma auréola.

Colocar feltros por baixo dos objectos de decoração que estão em cima do mobiliário para prevenir eventuais riscos, assim como por baixo dos móveis, pois ao ter de os deslocar ficam "mais leves" além de evitar eventuais riscos no pavimento.

Ao aspirar a casa deverá envolver uma meia comprida no cano do aspirador para assim não estragar as esquinas dos móveis, rodapés, pernas das cadeiras, etc.

Nos estofos de tecidos mais claros ter em atenção ao sentar por exemplo com calças de ganga; pois podem manchar os tecidos com o calor do corpo. A manutenção de cortinas deverá ser feita por profissionais.

 

Os tapetes não devem ser sacudidos, apenas aspirados, no caso da sua limpeza deverá ser feita   com um produto próprio, ou solicitar-nos esse serviço; que o encaminharemos para um parceiro que o fará com a máxima fiabilidade assim como a limpeza de estofos e colchões e em complemento com um serviço de impermeabilização.

Site idealizado por Emanuel Faria e elaborado pela: Ideias e não só, lda ®© 

  • Facebook - White Circle